Faustão e Caio Castro

O apresentador Fausto Silva estava na inauguração de uma joalheria em São Paulo e aproveitou para comentar a polêmica que envolveu o ator Caio Castro durante a participação do quadro “Arquivo Confidencial”, em que mostrou o depoimento dos pais de uma menina que estava com câncer e acabou falecendo, que foi ajudada por Caio.

“Ele ficou surpreso como eu fiquei surpreso, mas quem faz programa ao vivo tem isso mesmo. O que a família quis mostrar é justamente que uma pessoa naquela situação precisava de carinho, respeito e eles deram isso para essa menina. Quiseram prestar não só uma homenagem para ela como agradecer o Caio. As pessoas até se até se surpreenderam pelo jeito do Caio, que é um cara que às vezes é julgado pelo personagem ou por uma atitude, mas mostrou uma sensibilidade extraordinária”, disse o apresentador.

Faustão criticou a repercussão negativa do caso. “Em tempos de redes sociais, se você não tiver personalidade e segurança, saia da profissão porque é assim mesmo. O cara não conhece você, te crítica, fala um monte de coisa e não tem jeito. Você tendo personalidade, sabendo enfrentar, tento humildade, muitas vezes eu mesmo já demonstrei pedindo desculpa, não tem problema nenhum, tem que ter uma coerência. Todo mundo está com o estilingue na mão e estamos no grande parque da hipocrisia tomando porrada”.


Caio Castro, o assessor do ator garantiu que ele não ficou chateado, apenas surpreso. “Sobre tudo que foi dito, o Caio jamais ficou bravo ou irritado com Fausto Silva ou com a produção. Foram vários depoimentos gravados e que não foram todos ao ar no Domingo. Foi um dia atípico, em que houve manifestações por todo país, e assim com as entradas do jornalismo na programação, deixou o programa com menor tempo para atender tudo que havia sido pautado”, disse o profissional. “Não fiquei chateado de maneira alguma, só fui pego de surpresa”, complementou o ator.