Roberta Rodrigues desabafa sobre interpretar Xica da Silva na ‘Salgueiro’ e maternidade

COMPARTILHAR
Roberta Rodrigues como 'Xica da Silva'
Roberta Rodrigues como 'Xica da Silva' (FOTO: Reprodução/Instagram)

 Entrevista: André Romano | Edição: Álvaro Penerotti, Matheus Henrique

Coube a Roberta Rodrigues a responsabilidade de representar Xica da Silva na Sapucaí. Depois de 9 anos, a atriz volta à Salgueiro como destaque em um carro alegórico que fala justamente sobre maternidade, já que Roberta tem um filho prestes a completar 1 ano de idade. Em entrevista para o site, ela confessou todas essas sensações.

Leia também: Roberta Rodrigues se declara para a filha Linda Flor


 

Eu vi que você vai representar uma pessoa (no Carnaval)…

Xica da Silva! É uma honra, um privilégio… e assim, o último ano que desfilei pela Salgueiro foi 2009 e ele foi campeão, e eu falei ‘Salgueiro só vai ganhar de novo quando eu desfilar’, e agora a gente vai ser campeão!

E como que foi isso, te convidaram já avisando ‘olha, você vai ser a Xica da Silva’?

Então, o Ailton Graça é meu amigo da vida e desde que ele me conhece, ele falou: ‘cara, você é a Chica da Silva, um dia você tem que fazer ela no teatro’, e passou a vida, todo ano ele fala isso… dai um dia ele me ligou, eu estava no ensaio da novela e ele falou: ‘Roberta você vai viajar no Carnaval?’, e eu falei que não, e ele falou ‘Então você vai ser minha Chica da Silva da Salgueiro’, e eu falei ‘Como assim??? Eu sou.. eu sou’. Fiquei muito feliz! No outro dia já fui no Salgueiro conversar e me senti privilegiada… Salgueiro é minha escola, amo de paixão, e voltar depois de ser mãe e com esse enredo! E o carro que vou desfilar é a coisa mais incrível, que representa a maternidade.

E Linda Flor, como que tá?

Linda Flor tá uma gostosa, Linda Flor é totalmente artista. Puxou a mãe. Ela vai fazer 1 ano agora dia 16/02. Tudo que eu faço ela repete, reproduz… uma criança muito inteligente e ela é meio bruxinha. Todo mundo que olha pra ela, ela se encanta. Ela é uma linda. É o presente do papai do céu que eu pedi.

Mudou sua vida completamente (ser mãe), né?

Mudou completamente. Eu comecei a ver o mundo de outra forma. Parece que cai uma venda dos olhos, como se você nunca tivesse enxergado nada e passasse a enxergar. Acho que se todas as pessoas levassem esse sentimento de quando você é mãe ou pai, eu acho que a violência seria menor. Eu acho que quando você ganha esse presente de ter um filho, você começa a enxergar o outro como irmão de verdade. O amor pelo próximo é necessário para que a gente transforme o mundo.

Você se mudou do Vidigal?

Me mudei do Vidigal ainda grávida, mas eu amo lá, minha vida, meus pais, meu amigos estão lá. Mas foi necessário pra eu ter um lugar onde eu me reservasse, que eu pudesse pensar um pouco mais em mim, ter um pouco mais de tranquilidade. A gente não tem raiz. Quem tem raiz é árvore que não sai do lugar. A minha origem é o Vidigal e vai ser sempre.

Trabalho, tem algum? TV?

Tô voltando agora na próxima novela das 21h do João Emanuel, por isso mudei o visual. Tô muito feliz. A personagem de chama Doralice, que é ciumenta ao extremo. É uma nutricionista e não consegue segurar o ciúmes do marido. Muitas histórias vão rolar. É uma mulher que agride o marido de verdade

Vai ser a primeira vez que você vai deixar Linda Flor pra fazer um trabalho?

Não, já deixei com 5 meses. Ela é uma criança muito especial. Ela não sofre… eu que sofro.


SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA