Caio Castro
Caio Castro (FOTO: Francisco Cepeda / AGNews)

Texto/ Entrevista: Leandro Lel Lima

Caio Castro revelou ao Observatório dos Famosos que sua última aventura pela Europa, quase lhe custou a vida. Essa foi a sua segunda grande viagem pelo mundo, na primeira Castro conheceu a América.

Leia também: Caio Castro arranca suspiros de fãs ao aparecer sem camisa em foto na Grécia


O ator traçou como roteiro alguns países do velho continente na companhia de mais dois amigos. Todos a bordo de uma motorhome. O que o grupo não esperava era dar de cara com manifestações na Grécia e Turquia, um dos destinos dos amigos.

Problemas mecânicos e até a perda de um dos passaportes ao passarem pela Suíça fizeram parte da aventura. A viagem ganhará um registro fotográfico no formato de um livro, o segundo, assinado por Caio.

Convidado pela grife de joias Vivara, o ator esteve ao lado dos atores Marina Ruy Barbosa, Mariana Rios, Duda Nagle e Cássio Reis na festa organizado para homenagear a modelo Gisele Bündchen na noite da última quarta, 19/12, em São Paulo.

Confira o bate-papo!

Clima tenso na Europa:

“Deu tudo errado, mas no final deu tudo certo. Uma manifestação na Grécia. Descemos numa rua perto do Centro. Desceram uns três policiais da tropa de choque. Cara, o clima é tenso na Grécia”.

Momentos de Tensão:

“Começou uma tacação de pedra. Segurei nas costas de um dos meus amigos: ‘Estou cego, me tira daqui. Um terror’”.

Mudanças e precauções:

“A gente passou a escolher, a estudar os lugares onde tinha conflitos. Turquia estava com conflitos, mudávamos a rota”.

Assédio das fãs pelo mundo:

“Não é como no Brasil porque a abordagem é outra. Falam, cumprimentam. É mais sútil, no Brasil é mais intenso, aqui tem mais calor humano”.