Cacau Oliver quebra o silêncio sobre futuro do Miss Bumbum: “Já recusei ofertas de 600 mil pelo primeiro lugar”

0
121
Cacau Oliver
Cacau Oliver Foto: Arquivo Pessoal | CO Assessoria

  • por André Leite

    Aconteceu na última segunda-feira (5), a final da oitava e última edição do Miss Bumbum Brasil. Rodeado de polêmicas do início ao fim, Cacau Oliver, criador do concurso, contou que já recebeu ofertas muito grandes para que alguma candidata pudesse levar a faixa para casa. “Já recusei oferta de 600 mil reais pelo primeiro prêmio”, declarou. O Miss Bumbum já revelou beldades como Andressa Urach, Erika Canela e Laura Keller.

Leia: Filha de Gretchen se converte a uma igreja evangélica após participar do Miss Bumbum

Só em 2018, Cacau, estreou sua biografia Make Celebrities, encerrou o concurso Miss Bumbum no Brasil e ainda teve a primeira temporada exibida pelo canal E! do reality Criador de Celebridades. Agora, de malas prontas, o assessor se prepara para produzir um novo reality de celebridades em Portugal. “Eu tenho uma grande história com os portugueses. Já tive assessorando as várias capas de revistas que saíram por lá, e até participantes do reality show mais famoso do país”.


Leia: Miss Bumbum e Mulher Melão se bronzeiam na laje e garantem marquinha para o Carnaval

Além disso, o assessor comentou sobre o lançamento do Miss Bumbum World, também para o próximo ano. A primeira edição será produzida na Rússia, em julho de 2019.

Cacau fechou o ano com um recorde de 126 capas publicadas ao redor do mundo, incluindo Thammy Miranda, uma de suas maiores negociações com a revista Sexy. “Acredito que as feministas me odeiam por ter criado um Miss Bumbum e por fazer tantas capas, faz parte. É um recorde”.