Caio Castro
Caio Castro (Foto: Eduardo Martins/ AgNews)

Texto e Entrevista: Leandro Lel Lima
Edição: Paulo Henrique Lima

Com apenas 30 anos, Caio Castro além de ser ator e apresentador também é um empreendedor de sucesso. Como uma forma de ampliar seus rendimentos, o artista aposta nos mais variados segmentos.

Leia também: Caio Castro ‘estufa’ barriga após semana de ‘pé na jaca’


Caio tem participações no Grupo Blá, responsável por 17 operações entre bares e restaurantes, NossoLar Imóveis, construtora localizada no litoral paulista, e, mais recentemente, a The Black Beef, rede de hamburguerias.

Prestes a voltar ao ar na próxima novela das 21h, Dias Felizes, o astro teen falou com o Observatório dos Famosos sobre o seu lado “homem de negócios” durante a inauguração de mais uma filial da The Black Beff do shopping West Plaza, SP, na tarde do último sábado (09).

Veja mais: Caio Castro presencia manifestações na Europa e revela ter sofrido com efeitos das bombas: “Um terror”

“Minha ideia era ter no Brasil a experiência que eu tinha de uma hamburgueria lá de fora [EUA], são mais de 1500 empregos diretos”, afirmou Caio que por conta da agenda recusou participar de três longas.

Geração de empregos

“Em apenas um ano abrimos 36 lojas. Geramos mais de 1500 empregos diretos, fora os indiretos. Quando você analisa quantas pessoas dependem desta loja… Hoje, um funcionário poderá ser meu sócio amanhã. É um impacto social”.

Artista empreendedor

“Não nasci sabendo, mas não quero morrer sabendo tudo. Tenho uma equipe com pessoas especializadas no lado econômico para tocar o negócio. A empresa conta com muitos sócios, franquias”.

Relação de empatia

“O que eu gosto é do lado humano da coisa, não os números em si. Isso é consequência de um bom investimento. Não penso se vai dar lucro. O que me preocupa é: ‘Qual é a experiência que as pessoas vão ter aqui’? ‘Elas vão se sentir bem estando aqui?’” .