Reynaldo Gianecchini
Reynaldo Gianecchini (Foto: Thiago Duran/AgNews)
  • por Leandro Lel Lima

Um dos homens mais cobiçados do Brasil, Reynaldo Gianecchini, 46, arranca suspiros de milhares de pessoas por conta de sua beleza e talento. Por carta, redes sociais e até mesmo nas ruas, o galã é visto como o par ideal de milhares de fãs, ou seja, o genro que toda sogra pediu a Deus. Para alegria da galera ele está solteiro, mas não está morto como ele mesmo brinca.

Ao Observatório dos Famosos, o Régis de A Dona do Pedaço falou abertamente sobre a sua vida amorosa. Gianecchini já foi casado com a jornalista e atriz Marília Gabriela. O casal ficou junto por oito anos. Desde então está solteiro, curtindo “namoricos rápidos”: “Gosto de ficar sozinho. Eu acho lindo ter alguém, mas ter alguém, uma relação, precisa de uma comunhão maravilhosa”.

Solteiro


“Estou solteiro, mas não estou morto, estou querendo dizer isso. Gosto de uns namoricos rápidos. Tem pessoas que precisam ter alguém. Eu não sou essa pessoa. Gosto de ficar sozinho. Eu acho lindo ter alguém, mas ter alguém, uma relação, precisa de uma comunhão maravilhosa”.

Gabi, um encontro de almas

“Tive isso com a Marília [Gabriela] e foi maravilhoso, um encontro de almas. Desde então não tem rolado. E está tudo bem. Às vezes rola uns pequenos romances, mas que acabam não virando uma relação. Não tem cobrança, tem que rolar o que tiver bom”.

É impossível ser feliz sozinho?

“Sozinho, sozinho, sozinho depende. Tem gente que está casado e sozinho. E ao mesmo tempo sem ninguém mas… Eu me sinto trocando muito com as pessoas. Eu sou muito inteiro nas relações eventuais, eu me entrego pra caramba, sou de escorpião. Então, eu não me sinto sozinho nunca. Mas eu preciso ficar sozinho em alguns momentos. Eu preciso dos meus momentos de silêncio”.