O repórter comunitário Rene Silva, conhecido pela cobertura da ocupação do Complexo do Alemão através do jornal Voz da Comunidade, foi preso na manhã deste sábado (01) em um protesto na área conhecida como Favelinha da Skol. A informação é de colegas que acompanhavam o jovem na cobertura. Outro integrante do jornal também teria sido levado por policiais.

De acordo com um dos colegas, Raull Santiago, que também fazia a cobertura do protesto de moradores do Complexo do Alemão contra a remoção, os repórteres foram presos porque estavam filmando o que eles chamaram de “remoção violenta feita pela PM”.

Rene Silva é o fundador do Voz da Comunidade
Rene Silva é o fundador do Voz da Comunidade

“Rene Silva, Renato Moura do Jornal VOZ da Comunidade PRESOS e levados para a cidade da Polícia por estar filmando a remoção violenta feita pela PM, na ocupação Favelinha da Skol”, escreveu o repórter.


Glória Perez, autora de Salve Jorge, chegou a publicar a imagem do repórter sendo preso. “Nosso amigo Rene Silva foi preso filmando uma ação policial. Algum advogado aqui?”, escreveu. “A última informação é que levaram o Rene Silva para a 45º [DP]”, completou.

Rene Silva é preso por policial (Foto: Reprodução)
Rene Silva é preso por policial (Foto: Reprodução)

Rene Silva ganhou a internet após cobrir minuto a minuto a ação de ocupação da polícia no Complexo do Alemão. Depois disso, o repórter ganhou participações especiais como ele mesmo em Salve Jorge, que era ambientada no Alemão.

“Ela seguia a gente no Twitter desde antes da ocupação. Acho que já estava pensando na ideia da novela e começando a pesquisar. Na época da ocupação, ela foi a primeira pessoa famosa a citar a gente no Twitter. Ela ligava para a gente para saber se estava tudo bem, se estávamos seguros. A gente brinca dizendo que ela é nossa madrinha.”, disse Rene Silva ao jornal O Globo em 2012 sobre sua relação com Gloria Perez.