Momentos polêmicos de Antonia Fontenelle na luta pela herança de Marcos Paulo
Momentos polêmicos de Antonia Fontenelle na luta pela herança de Marcos Paulo (Fotos: Reprodução/Instagram)

A atriz Antonia Fontenelle tem lutado por anos para conseguir parte da herança deixada pelo ator e diretor Marcos Paulo, que morreu em 2012 de embolia pulmonar. O casal estava junto desde 2006, e tinham um contrato de união estável, garantindo a Antonia o direito à herança do companheiro.

Antes de Fontenelle, Marcos foi casado com as atrizes Flávia Alessandra e Renata Sorrah. Paulo deixou três filhas: Vanessa Simões, fruto do primeiro casamento com a italiana Tina Serina, Mariana Simões, fruto do casamento com Renata Sorrah e Giulia Martins, fruto do casamento com Flávia Alessandra.

De lá pra cá, Fontenelle se envolveu em várias polêmicas, e o Observatório dos Famosos reuniu alguns desses momentos da luta da viúva para receber parte do patrimônio de Marcos Paulo. Confira:


Imbróglio

Após a morte do pai, as três filhas iniciaram uma luta na justiça para dividirem a herança de R$ 30 milhões, deixada pelo diretor. Um dos testamentos reconhecido em cartório, beneficiava apenas as três filhas, porém, pouco antes de morrer, ele fez uma carta de próprio punho, deixando 60% do seu dinheiro aplicado em investimos para Antonia. A carta foi usada pela atriz como forma de conseguir sua parcela da herança. O documento chegou a ser aceito pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, dando início a um imbróglio. As filhas entravam com um recurso toda vida que Antonia conseguia ser reconhecida como herdeira.

Filhas de Marcos
Filhas de Marcos (Foto: Reprodução)

Despesas do cachorro

Em 2017, a atriz usou as redes para dizer que mandaria para as filhas de Marcos a conta das despesas do cachorro do diretor, que ficou sob seus cuidados. “Vou juntar as notas para depois vocês me devolverem”, falou, na época, e após a polêmica, não parou mais de usar as redes para contar sobre sua luta contra as filhas do diretor.

Pai do diretor

O pai de Marcos, Vicente Sesso, também se pronunciou sobre a polêmica que acercava as filhas e a viúva. No ano de 2014, Sesso falou que a vontade do filho era deixar parte da herança para Antonia. “Eu era sabedor da existência dessa carta que deixava 60% do dinheiro para Antonia. Achei a decisão justa, uma vez que era o desejo dele. No dia do enterro do Marcos, eu falei para as herdeiras que ele tinha escrito uma carta deixando parte do dinheiro para ela. Na hora, elas não ligaram e só se deram conta quando foram ao banco, viram o quanto ele tinha. Essa decisão da Justiça é exatamente a vontade do Marcos”, disse ele, na época, ao Ego.

Pai de Marcos Paulo
Pai de Marcos Paulo (Foto: Divulgação)

Carta sem autenticação

No ano passado, a atriz usou as redes para informar que uma decisão foi tomada pela ministra Maria Isabel Galotti, do STJ. A ministra excluiu Fontenelle do direito de receber a herança. Porém, essa decisão apenas considerou inválida a carta que o diretor deixou. Segundo informações da revista Veja, a carta não tinha sido validada em cartório, como exige o Código Civil.

Ex de Marcos e terceiro documento

Flávia Alessandra, mãe de Giulia, falou sobre o caso pela primeira vez, por meio de sua assessoria. Ela contou que Antonia passou anos caluniando as filhas de Marcos. Ela revelou também que quando o diretor firmou em cartório o testamento, beneficiando as herdeiras, também fez um registro falando que a companheira Antonia renunciava à herança. “O senhor Marcos Paulo deixou um testamento registrado e reconhecido pela justiça, onde contempla apenas e somente as suas três filhas. E como se não fosse o bastante, após o testamento e ainda em vida, ele firmou um outro documento registrado em cartório com a Antonia Fontenelle, onde ela abriu mão de tudo que pertencia a Marcos Paulo. Sendo assim, não teria direito a nada por decisão em comum acordo entre os dois”, dizia parte do comunicado.

Fontenelle se pronuncia

Antonia não ficou calada após a manifestação de Flávia, mas não usou nenhum argumento para explicar os fatos que a atriz trouxe. Tudo que ela falou foi que Flávia tinha medo de ser rejeitada na TV, e que não tinha ‘coragem de por a cara no sol’. Outras fases de efeito foram usadas como, “desci pro play” e “vocês jogam baixo e não querem baixaria”?

Antonia Fontenelle e Marcos Paulo
Antonia Fontenelle e Marcos Paulo (Foto: Divulgação)

Vence o processo

Por fim, a loira usou as redes, nesta quarta-feira (10), para falar que conseguiu o direito de receber parte da herança do falecido marido. “Meu advogado me liga para dizer que, finalmente, depois de 7 anos de muito esculacho, a Justiça me deu ganho de causa. É um ganho moral. É uma vitória moral. Três a zero como todas as vezes que fui reconhecida, foi por unanimidade”, disse. “Eu queria dizer para as mulheres desse país que não desistam dos direitos de vocês, nunca deixem ninguém esculachar vocês, nunca abaixem a cabeça pra ninguém. O Brasil tem Justiça, sim. Grite, contra fatos não há argumentos. Há sete anos eu estava sendo humilhada, esculachada, menosprezada“, falou ainda, aos prantos.