O apresentador Luciano Huck
O apresentador Luciano Huck (TV Globo/Gshow)

Convidado do programa ‘Domingão do Faustão’ exibido no domingo (07), Luciano Huck falou durante um bate-papo com o apresentador Fausto Silva, sobre os motivos que o levaram a desistir, por ora, de se candidatar à presidência do Brasil.

Antes de mais nada, o apresentador do ‘Caldeirão’ explicou que a vontade de trilhar o caminho da política veio de sua vivência com o povo brasileiro, o que fez com que ele pensasse que poderia ser útil na solução dos problemas enfrentados pela população.

“Vou te falar o que está acontecendo na minha vida: estou há 18 anos viajando por esse país e sei como as pessoas vivem. Por causa da TV as pessoas me recebem de um jeito muito fraterno e eu sou o tipo do cara que quando eu vejo um problema não consigo achar que ele não é meu. Nesse momento eu me isentar de ajudar eu estaria sendo covarde”, disse.


Leia também: Luciano Huck e Angélica conhecem as cores e sabores de Jerusalém

Sobre sua desistência ao título de presidente da república, o marido de Angélica revelou que chegou à conclusão de que seu papel como comunicador ainda é a melhor forma de ajudar as pessoas, e devido a isso abandonou as eleições de 2018, o que não significa que no futuro ele não possa retomar a ideia.

“O que eu vou continuar fazendo é tentar mobilizar uma legião inteira de pessoas que também querem ajudar. Não vou me candidatar, mas já participo de movimentos cívicos que mobilizam pessoas íntegras, do bem, para se lançar na política. Quero motivar as pessoas a votar com consciência. Não sei o que vai acontecer na minha vida no futuro, que a Deus pertence. Eu amo o que eu faço agora, mas vou deixar rolar. Neste momento eu ainda acho que o meu papel na TV é mais importante que estar lá. Mas eu vou continuar tentando ajudar o Brasil a melhorar sim”, declarou.