Gil Gomes
Gil Gomes (Foto: Divulgação/ SBT)

Considerado um dos maiores nomes da comunicação brasileira, o jornalista Gil Gomes morreu aos 78 na manhã desta terça-feira (16) em São Paulo. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Hospital São Paulo, onde Gil passou pela emergência.

Leia também: Liminha do SBT é diagnosticado com paralisia facial

Gomes estava em casa quando passou mal e foi levado às pressas para a unidade de saúde, localizada na Zona Sul da capital paulista. Ele já chegou desacordado no centro médico, mas morreu nesta manhã.


A causa da morte não foi revelada, mas a saber, Gil era portador de Mal de Parkinson, uma doença degenerativa que afeta os movimentos do corpo. Informações sobre velório e sepultamento também não foram divulgadas.

Cândido Gil Gomes Jr. nasceu 1940 no bairro da Mooca, conhecido por ter imigrantes italianos em São Paulo. Aos 18 anos ele iniciou carreira no jornalismo como comentarista esportivo em uma rádio, passando a cobrir a editoria policial anos depois.

Veja mais: Ivete Sangalo repreende seguranças e dança com fã que invadiu palco

Nos anos 90, Gil ganhou fama nacional ao integrar o time de repórteres do extinto Aqui Agora, do SBT. Uma das marcas de Gomes foi a maneira com que narrava os crimes destacados na TV, usando um famoso gesto com as mãos.