André Vasco
André Vasco (FOTO: Reprodução/Instagram)

André Vasco esteve mais recentemente na TV em 2016, quando apresentou a maratona do Teleton, ação comunitária promovida pelo SBT. Contudo, não deixa de marcar presença nas redes sociais e interagir com os fãs que angariou. A mais recente novidade não foi tão legal assim!

Leia também: Papai coruja mesmo! André Vasco se derrete ao postar fotos da filha recém-nascida

Na quarta-feira (9), sofreu um acidente de moto e mostrou algumas fotos. Como resultado, precisou imobilizar o pescoço (por alguns momentos), engessar o braço e enfaixar a canela. Além disso, apareceu sentado numa cadeira de rodas. O apresentador fez um extenso desabafo sobre o ocorrido, e citou críticas que recebeu por andar de moto, por “ser perigosa”.


O porquê de andar de moto…

“Bom, o objetivo desse post não é aparecer, nem me expor gratuitamente e muito menos me vitimizar. É um ‘causo’ que serve para advertir todas as pessoas que usam o transporte de duas rodas. Há alguns anos troquei o carro pela moto. Intercalando com transporte público e veículos de aplicativo. No começo por um corte de custos, mas com o tempo, a tal mobilidade da moto me cativou por conseguir focar mais minha atenção no trânsito. Tive menos stress e, pelo incrível que pareça, mais qualidade de vida.

Veja mais: Nasce Maya, primeira filha do apresentador André Vasco

Deslocamentos mais rápidos, baratos e o ‘vento na fuça’, que me dá um prazer enorme. Quando escrevi ‘mais rápido’, não significa ser o cachorro louco costurador de carros. Ando na boa, com prudência, sem costurar, velocidade abaixo da média, aí no semáforo se ganha muito tempo, uma vez que o nanismo do veículo te leva lá pra frente”.

Espie: Muita emoção no casamento de André Vasco e Vivian Krybus

 

 

O resultado…

“Hoje fazendo um caminho bem conhecido não consegui desviar e a Sapequinha (minha vespa) caiu numa cratera, porque chamar aquilo de buraco é uma afronta. Essa gigantesca fenda na região da Barra Funda existe há pelo menos 3 meses. Que coisa não?! O grande perigo no trânsito não são apenas os celulares, motoristas desatentos e apressados, a condição das vias públicas pode ser uma ratoeira feroz meu querido.

De acordo com a Secretaria de Coordenação das Subprefeituras de SP todo dia aparecem em média 1.000 buracos. Aí você soma as ‘tecnologias’ de pavimentação com a falta de manutenção e mais a mentalidade tapa buraco ao invés de recapear, esse mix faz do nosso dia a dia um verdadeiro Mario Kart. Graças à papai do céu e meu anjo ‘Highlander’ da guarda estou bem.

Mais ralado que queijo parmesão em cantina italiana, mas feliz que estou vivo e com saúde. Se posso dar outra dica (dei alguma?) coloquem seus filhos no judô. O rolamento salva. No fim, acabei ganhando o cogumelo verde do Mario (1Up). Alegria e gratidão sempre”.