Whindersson Nunes
Whindersson Nunes (Foto: Reprodução/Instagram)

Whindersson Nunes recorreu às redes sociais na madrugada desta sexta-feira (24) para desabar sobre barraco com Carlinhos Maia. O humorista disse que ‘nunca quis brigar com ninguém’. 

Carlinhos desativou seus perfis no Instagram e Twitter, após zombar do problema de depressão que Whindersson passa há algumas semanas.

“Vou ter que falar aqui. Queria esclarecer logo desde o começo que eu não estou brigando com ninguém. Eu não quero e nunca quis brigar com ninguém. Eu não fiz nada. Conheci o Carlinhos pelo Kaká e pela Simone (da dupla Simone e Simaria), gente boa, brincando e eu gosto de gente assim”, iniciou ele nos Stories do Instagram.


“A amizade foi estreitando, eu, ele, Tirullipa, GKAY e Os Roni (Sitcom na televisão por assinatura) eu senti umas atitudes, umas coisas assim… não vou ficar falando disso aqui. Eu só queria deixar claro que não briguei com ninguém. Essas coisas acontecendo, eu meio chateado, algumas vezes a gente sentava pra conversar. Ele contava o lado dele, falava que ia mudar. Quando eu saía: ‘você acredita que você acabou de sair e o cara falou não sei o que, não sei que…’. e eu sempre relevando e isso acontecendo. A gente sentando e falando: ‘cara, não precisa disso’. Umas besteiras, coisas da gente”, continuou. 

Padrinhos de Casamento 

Nunes destacou como aconteceu o afastamento entre os dois. “Eu comecei a dar uma afastada. Aí chegou o assunto do casamento e ele: ‘você vai ser padrinho do meu casamento. Ele disse isso. ‘Você e Luisa’. E ele nunca pediu a Luisa, nunca, nunca. De tarde, saiu a lista do casamento e eu e Luisa em todos os portais! E eu digo: ‘que c****** é isso?!’. Bicho, padrinho de casamento é uma pessoa próxima, como é que vou dar conselhos na vida de uma pessoa que não estou muito por dentro?. Cheguei pra falar com ele, que eu não me sentia bem pra ser padrinho. Eu falei que não daria pra ser padrinho do casamento dele e ele me bloqueou. Não fiz nada, não falei nada. Gente, estou tranquilaço. Eu estava bloqueado, mas a gente conversou”, disse. 

“Não fui ao casamento do cara. Nem tinha como conversar algo como: ‘posso ir sem ser padrinho, porque não estou me sentindo confortável?’. Poderia ter sido essa, mas me bloqueou e não pude falar. Mas ele me desbloqueou, e a gente conversou e por mim sempre esteve tudo bem”, complementou Whindersson.

Número 1 das redes sociais 

Nunes também falou sobe a alfinetada de Carlinhos sobre popularidade nas redes sociais. “Deve ser difícil não ser mais o número um. Imagine quem era o queridinho e não é mais’. Eu fui bloqueado no Whatsapp, não posso falar com o cara… Eu não estou fazendo nada. Eu não fiz nada. Estou em Fortaleza e só recebi um monte de notícia de que estavam falando de mim na televisão. Eu nem liguei a televisão!“. 

Por fim, Whindersson Nunes disse que já houve o pedido de desculpas entre os dois. “Ele falou comigo, pediu desculpas, foi super humilde. Acho que agora ele tomou um choque de realidade. Eu era amigo dele, sim, mas eu dou aquilo que a pessoa parece que merece receber. Se estou tentando ajudar e a pessoa não me quer por perto, acha que quero mandar nela, eu me afasto”