Carla Vilhena
Carla Vilhena (Foto: Reprodução/ Instagram)

Carla Vilhena rasgou o verbo contra algumas letras de funk na madrugada desta segunda-feira (24). A jornalista recorreu às redes sociais para criticar barulho de baile funk promovido perto de sua casa. 

Em tom de revolta, a ex-apresentadora da Globo chamou o gênero musical de ‘porcaria’ e ‘nojeira’. A estrela ainda afirmou que o funk aliena os jovens e está a serviço do tráfico de drogas. 

“Inferno nos ouvidos, baile funk a todo volume. E quem tem que acordar cedo? Bem, pra que se preocupar com os trabalhadores, o bom mesmo é a tal ‘manifestação cultural’, que é como essa porcaria é chamada pelos pseudointelectuais”, disparou a jornalista, que já ancorou o Jornal Nacional


“O funk pornô está a serviço do tráfico de drogas. E dominou as comunidades pois traz a conveniente alienação dos jovens, contrariamente ao rap, que fazia pensar. O funk de podridão estimula um comportamento tão baixo dos jovens, que muitos só conseguem fazer aquilo sob efeito de drogas. Rap conscientiza, funk aliena. Por isso o tráfico baniu o rap“, completou ela.