Alinne Araújo
Alinne Araújo (Foto: Reprodução/Instagram)

Nesta quarta-feira (17), Elizabete, mãe da blogueira Alinne Araújo, que se suicidou após ter sido abandonada pelo noivo um dia antes do casamento, participou do programa ‘Encontroe revelou que a filha avisou que iria se matar, porém ela não acreditou.

Ela falou comigo que ia fazer isso, mas eu não levei fé, eu não acreditei. Ela falou: ‘Meu mundo acabou, meu mundo acaba aqui’. Eu falei: não, filha. Você é jovem, linda, tinha duas faculdades. Eu fiz que não entendi“, revelou. “Minha filha era joia rara, meu amor, minha vida. Meu mundo acabou”, disse Elizabete, emocionada.

A tia da blogueira também participou do programa e comentou sobre os ataques virtuais que Alinne recebeu ao expor sua história na internet: “Ela estava acostumada com apoio. Os 26 mil seguidores que ela tinha até então, antes do casamento eram todos com mesmo propósito. Pessoas depressivas, que estavam apoiando, que a seguiam por ter o mesmo propósito e doença. Ela não estava pronta para a quantidade de críticas. Tinha pessoas que acusaram ela de ter traído, que é uma inverdade, que ela só queria aparecer, foi muita coisa, foi uma avalanche”.


“Tinha dia que ela falava: ‘Tia, tem dois dias que não tomo banho, não estou nem aí para a minha unha. Não consigo. Só que esses últimos dias ela não estava assim, ninguém espera que na véspera do casamento aconteça um negócio desses”, acrescentou a tia falando sobre a depressão de Alinne.

Por fim, a tia da blogueira não culpa o ex-noivo pelo ocorrido: “Ele não tem culpa, a gente não quer culpa-lo, é uma pessoa que foi muito boa pra ela. Ele cuidou dela o tempo todo. Mas aquilo foi a gota d’água, já tinha um copo cheio, e teve a questão da irresponsabilidade virtual de pessoas que a bombardearam de forma covarde“.