Paula Burlamaqui (Foto: Reprodução/Instagram)

Paula Burlamaqui fez um ensaio com o tema primavera e exibiu boa forma aos 52 anos. A atriz de Órfãos da Terra, ainda abriu o jogo sobre como enfrenta a velhice, contou sobre a vontade de adotar e relacionamento com Edu Reys, 13 anos mais novo que ela.

Apesar de se sentir linda, Paula contou os procedimentos que fez: “Me acho bem bonita, linda. É uma coisa espiritual. Nos meus cabelos, coloco aplique. Não gosto deles finos. Meu peito estava caidinho, coloquei silicone. Tudo pode melhorar. Minha testa estava enrugada e estava me dando depressão, apliquei botox. Não vou sofrer por mais nada. Se puder fazer, faço.”

“Minha crise começou quando me olhei no espelho e vi meu pescoço, joelhos, mãos e pés enrugados e minha barriga sem colágeno… Quando acabar a novela farei o laser CO2 fracionado, que arranca os pés de galinha. Não gostaria de ficar plastificada, aquela que a gente olha e não sabe a idade que tem. Vou ter que trabalhar isso na minha terapia. Tenho angústias horrorosas e sou vaidosa. Não tenho problema nenhum em assumir isso. Fiz várias lipoaspirações no corpo todo. Tenho um pouco de medo de passar do ponto, mas, graças a Deus, minha dermatologista cuida de mim e me avisa a hora de parar. Estou envelhecendo bem, mas fácil não é. Estou até querendo falar sobre isso em um espetáculo”, acrescentou ainda, ao Gshow.


Sobre o marido 13 anos mais novo, a atriz declarou que ele é bem mais maduro que ela. “De cabeça, Eduardo é mais velho do que eu. É tranquilo, caseiro e maduro. É casamenteiro. Casou novo e ficou 20 anos em um relacionamento. Sempre trabalhou desde novo, faz milhões de coisas, teve um crescimento pessoal muito parecido com o que tive. Não tem muita diferença. Ele não tem ciúmes de mim. Eu abraço, dou beijinho, sou expansiva com os amigos e ele nunca falou nada. Também sou zero ciumenta.”

Por fim, sobre maternidade, Paula revelou que congelou óvulos e que pretende adotar. “Congelei os óvulos em uma época que estava muito a fim de ser mãe. Essa vontade é igual montanha-russa, vai e volta. Agora estou mais tranquila em relação a isso, principalmente depois dessa novela. Penso em adoção, tanta gente precisando de lar, carinho, acolhimento, nem o fato de querer engravidar me dá essa angústia. Para adotar tem que ter responsabilidade, ser consciente. Venho amadurecendo a ideia”, revelou ela, que arrecadou dinheiro para cachorro vítima de maus-tratos.

 Foto: Vinicius Mochizuki /Gshow