Felipe Neto (Foto: Reprodução/Instagram)

Felipe Neto esteve na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, no Rio de Janeiro, onde prestou queixa sobre ameaças de morte que recebeu nas redes sociais. 

O Youtuber tem recebido fortes ameaças desde que resolveu afrontar o Marcelo Crivella, prefeito do Rio de Janeiro, que ordenou a retirada de livros com temática LGBTQIA+ da Bienal do Livro do Rio. 

“Protocolamos hoje a notícia-crime na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática referente a ameaças de morte que foram recebidas. Fica a prova para aqueles que duvidaram, mentiram e debocharam, alegando que seria tudo uma invenção”, disse ela nas redes sociais. 


Felipe Neto propôs desafio para pais que criticam seu conteúdo. “Eu te faço um desafio: assista os meus vídeos por uma semana, são dois vídeos por dia. Por uma semana, só uma semana. Eu desafio você a terminar essa semana e continuar achando que eu sou má influência. Eu desafio qualquer um no Brasil. Quem diz que o meu conteúdo é má influência para jovens, não assiste o meu canal, não faz a menor ideia”.