Camila Pitanga (Foto: Reprodução/ Instagram)

Camila Pitanga finalmente teve uma solução para o processo que moveu contra o Grupo Abril, em 2012, por uso indevido de três fotos em que estava nua. Após anos de tribunais, a atriz saiu vitoriosa dessa ação. Na ocasião, a famosa pediu R$300 mil em indenização.

“Estamos muito felizes e comemorando a decisão do STJ, porque foi uma vitória. Só ficamos tristes com a demora do sistema judicial brasileiro na definição do caso, mas infelizmente isso é um praxe”, contou o advogado Ricardo Brajterman, para o site Notícias da TV.

Essas fotos foram retiradas do filme Eu Receberia as Piores Notícias de Seus Lindos Lábios, em que a revista não pediu autorização para usá-las. Sendo assim, a Justiça entendeu que a atriz da Globo teve suas imagens usadas sem autorização, sendo exposta de forma excessiva com o veículo se beneficiando delas.


Na edição de 2012, as gêmeas Débora e Denise Tubino, estampavam a capa da revista. “Sexo no cinema e na TV 2012. Cenas muito quentes de Nathalia Dill, Camila Pitanga, Keira Knightley, Juliana Paes, Alessandra Negrini”, dizia a manchete ao lado da foto, citando as fotos de Camila. Vale destacar, que o valor será corrigido e acrescentado 1% de taxa, por mês, desde o inicio do processo.