Cleo Pires (Foto: Reprodução/Twitter)

Cleo tem falado bastante sobre sua relação com o corpo, nos últimos meses. Em conversa com a revista Quem, a atriz contou que sempre enfrentou problemas de compulsão alimentar, que a fizeram entrar no caminho de dietas radicais. Devido à pressão estética, ela afirma que as mulheres sofrem muito por causa disso.

“O bom e o certo seria desde sempre achar que podemos existir da forma que somos. Que não existe uma regra”, pontuou. “A compulsão me acompanha desde que eu me entendo por gente. É um ciclo de compulsão, de depressão, de pressão, de olhar para si e entender formas de tratar com terapia, com pessoas acolhedoras e empáticas”, continua.

“Todo mundo tem suas dores. Temos que olhar para quem está do nosso lado. Eu tenho sorte, tenho muito apoio. Muita gente passa por coisas parecidas ou piores e não tem onde se apoiar”, afirmou Cleo, que já posou nua na Playboy, sendo considerada um símbolo sexual.


“Eu nunca me considerei um símbolo sexual. Nunca me achei, mas entendo e sou grata por estar nesse lugar pela visão das pessoas. Mas eu não me coloquei nesse lugar. Eu gosto de nu, de coisas sexies, de ter liberdade com meu corpo. Eu gosto de dinheiro. Tudo isso para mim é o momento da Playboy”, disse, em entrevista ao Léo Dias.