Hilda Rebello
Hilda Rebello (Foto: Reprodução/Instagram)

Jorge Fernando faleceu no dia 27 de outubro, vítima de uma parada cardíaca. A mãe do diretor, Hilda Rebello, de 95 anos, está inconsolável desde então e se apegou aos últimos áudios enviados no celular pelo filho.

“Está difícil porque eles eram muito unidos. Ao ir e voltar das viagens, pedia a bênção da mãe. Ao retornar da Europa, ele disse que estava bem e iria vê-la no dia seguinte. Mas esse dia nunca chegou, e Hilda chora desde então”, disse Elisete, uma das cuidadoras da mãe do diretor, ao jornal Extra.

“Nós, cuidadoras, que informamos aos amigos sobre como ela está. O dia de Hilda se resume a tocar e olhar tudo o que remete a Jorge. Na sala, tem um quadro deles juntos, que ela fica admirando, e não larga um enfeite em forma de capela, dado por ele. Hilda vestiu neste sábado com uma blusa dada pelo filho há anos, que ele gostava de vê-la usando. Eles se falavam todas as noites. Agora, ela custa a dormir, se deita chorando e acorda no meio da noite, dizendo estar com um vazio”, acrescentou ainda sobre a mãe do ator que foi consolada por Marieta Severo.


Apesar de se manter reclusa, Elisete contou que Hilda marcará presença na missa de sétimo dia de Jorge Fernando, que irá acontecer nesta segunda-feira (04). A cerimônia será na Igreja de São Jorge, no Centro do Rio.