Jesus Sangalo e Ivete Sangalo (Fotos: Divulgação/Instagram)

A cantora Ivete Sangalo deu uma entrevista ao programa ‘A Tarde é Sua’, nesta segunda-feira (2), e relembrou a morte do irmão, ao falar do falecimento de Gugu Liberato. O irmão da morena morreu no começo de novembro, aos 54 anos.

“Toda perda é muito difícil. Eu, no meu caso, perdi meu irmão, que é uma perda bem difícil. Quando penso em Gugu, penso na figura dele como pai, como filho, pessoa jovem que perdeu sua vida. Penso muito nos entes próximos que sentem isso, é uma coisa que dilacera a gente. E nos fãs, ele era um cara amoroso, distinto, sério e atento a tudo o que acontecia à volta dele. Espero que a família dele esteja confortada”, falou a famosa.

“A gente passa esses momentos de perda por eles cronologicamente, mas é muito difícil passar por eles emocionalmente. Pessoas que passam pela vida da gente com experiências positivas, de amor, aprendizado, vão sempre deixar saudade. A experiência da morte não sabemos lidar com ela, vamos viver ainda muito tempo para evoluir no conhecimento disso. E me faz pensar sobre perdermos tanto tempo estando vivos com tanta bobagem, loucura, desrespeito, falta de empatia”, disse ainda.


Durante o bate-papo, ela ainda contou como faz para conciliar a carreira e os filhos. “Tenho sorte de ter construído na minha cabeça uma estratégia de vida para que pudesse ter os meus filhos e consegui fazer esse arranjo de vida pessoal e trabalho. Meus filhos vibram muito quando saio de casa para trabalhar. A gente divide experiências, sou muito feliz, graças a Deus”, finalizou.