Anitta e Léo Dias (Foto: Reprodução/SBT)

Anitta mostrou que não gostou nem um pouco da divulgação da suposta briga entre ela e Ludmilla. Mostrando sua insatisfação com Leo Dias, que até lançou um livro sobre ela, a ‘poderosa’, deixou de seguir o colunista, no Instagram, pouco depois que a notícia com a cantora saiu.

Tudo começou, quando nessa semana, o jornalista publicou em sua coluna no UOL, que a amizade entre Lud e Anitta já não existia, por causa dos direitos autorais da música ‘Onda Diferente’. Para quem não se lembra, as duas fizeram a parceria, inclusive em clipe com Snoop Dogg.

Após essa divulgação, durante o Fofocalizando de terça-feira (08), Leo desabafou. “Anitta não quer mais falar, ela pediu para eu não falar mais com ela. Ela diz que agora só vai se pronunciar pela assessoria de imprensa dela”, disse. “É uma questão complicada, que envolve duas pessoas de quem gosto muito. E, na verdade, eu não sei quem tem razão. É muito triste. É uma briga que não tem jeito não”, completou ele.


Sobre Anitta, ele ainda afirmou: “Meu papel aqui não é julgar ninguém, é apenas trazer o que uma diz e o que a outra diz. As pessoas me chamam de ‘baba-ovo’ da Anitta, de ‘puxa-saco’ da Anitta. Eu não sou isso. Ela é uma grande artista. Ela é a maior artista do Brasil hoje em dia, sim, e isso é preciso ser exaltado. Mas quando há problemas, os problemas precisam ser noticiados. Eu não sei quem está certa nessa história, não sei se a Anitta está certa, não sei se a Ludmilla está certa. Eu fiz o meu trabalho. A minha história a partir de hoje com a Anitta, eu não sei o que vai acontecer. Eu só sei que fiz o meu trabalho”, finalizou.

Direito autoral de ‘Onda Diferente’

Em resposta sobre o direito autoral da música, a gravadora Warner Music, lançou uma nota oficial. “Esclarecemos sobre a canção “Onda Diferente” que todo o trâmite que envolve os direitos autorais de uma composição ocorre diretamente entre o produtor da música ou álbum, autores e as empresas de proteção autoral, chamadas “editoras””, iniciou.

Após definidas entre as partes citadas acima os percentuais sob os direitos de cada autor sobre a obra, cabe à Warner Music Brasil tão somente solicitar a liberação da composição junto as editoras. Uma vez liberada a obra, em conjunto com seus artistas, contando com um time de profissionais qualificados e de diversas áreas, a Warner Music Brasil a partir desse ponto é responsável por gerenciar o processo que envolve a produção e gravação da obra, distribuição e marketing, respeitando sempre o trabalho artístico de cada talento e suas estratégias de carreira”.