Pitty e Lexa
Pitty e Lexa (Fotos: Reprodução)

Lexa e Pitty se envolveram em uma confusão no último final de semana, após a dona do hit ‘Chama Ela’ acusar a equipe da baiana de machismo, durante seu show em uma cidade do interior de São Paulo.

Tudo começou quando a esposa de Guimê tentou ver a apresentação de Pitty nos bastidores, mas foi expulsa. A presença da funkeira teria incomodado os produtores, que não a trataram bem.

“Eu sou muito fã dessa mulher, que é maravilhosa, guerreira, que lutou por seu espaço no rock. Mas eu preciso falar sobre a equipe dela, que foi muito grosseira. Eu quis ver o show dela ali do cantinho e me tiraram do palco. Até aí, tudo bem. Fui expulsa? Ok. O problema não é esse. Mas eles falaram para a equipe de bombeiros que eles não poderiam nem olhar para Pitty enquanto fazia o show. Sinceramente… Eram duas mulheres, bombeiras, que estavam aqui no canto e merecem respeito. Machistas não passarão!”, disparou Lexa.


Após a repercussão, a baiana se pronunciou nas redes: “Não teve machismo. Ela estava numa área que não podia ficar por conta de fiação e segurança. Minha equipe tentou leva-la para o outro lado do palco onde era seguro, ela entendeu errado. Cansei de ficar tentando protegê-la e passar pano para uma atitude antiprofissional e que gerou essa confusão toda. Isso sim, é sororidade“.

A Sapequinha, por sua vez, se manteve firme: “Não, a equipe dela não tentou fazer isso não, tanto que quando eu voltei pro camarim o segurança dela estava discutindo feio com o meu, mas como eu disse, se fosse só comigo, eu não teria falado nada. A questão toda foi que duas bombeiras que viram a situação vieram relatar o que tinham vivido pra mim imediatamente”, disse.